8 de setembro de 2009

Uns e Outros - conto de David Nobrega

Uns e Outros

*David Nobrega

Naquele tempo tão distante na memória, havia Uns e Outros.
Uns eram fortes e capazes, Outros nem tanto; muito pelo contrário, eram fracos.
Uns faziam de tudo para que todos, mesmo que Outros estivessem limpos e alimentados, pois necessitavam de massa de manobra.
Outros, acreditando receber de Uns tudo daquilo que precisavam nunca se manifestavam.
Uns eram inteligentes, mesmo quando essa inteligência tinha a finalidade de se utilizar da preguiça mental e da fraqueza de Outros.
Outros sabiam que se fossem contrários a Uns, perderiam as mordomias conquistadas tão... facilmente.
Por essa época apareceram por lá Aqueles que não eram nem Uns nem Outros, sendo, portanto, alheios ao estabelecido subentendido.
Aqueles não gostavam de Uns, por os acharem por demasiado arrogantes e donos das verdades, mesmo tratando-se de déspotas esclarecidos. Mas piores, pensavam Aqueles, eram Outros que se faziam de mortos para receberem suas esmolas.
Não demorou muito para que ocorresse um levante de Uns contra Aqueles. Coragem não faltava a Uns nem a Aqueles, mas quem decidiu a batalha foram Outros: chamaram ao Fulano, que nada tinha a ver com a história e lhe proclamaram Rei, em troca de uma nova bolsa para seus pares.


* David Nobrega é autor e Editor da Novitas. Esse conto faz parte e deu título ao livro Uns & Outros.

<== Perfil Completo AQUI ==>



Bookmark and Share


4 comentários:

Chica disse...

Um conto inteligente e lindo.O mundo está cheio de UNS, OUTROS e AQUELES, mas no final das contas , apenas uns fazem alguma coisa, enquanto outros usufruem delas e os escravizam...abraços,chica

Marcos de Andrade disse...

Bueno, tchê. O texto nos remeti, mesmo que não queiramos, a política nacional. Por vezes nos remete, também, ao nosso cotidiano. Sempre existirão uns e outros e aqueles com quem travamos nossas batalhas. Resta saber em que classe nos incluimos. Bom texto, cheio de ambiguidade. Forte abraço.

paulo disse...

Como conseguir que uns e outros se entendam sem que aqueles se imiscuem nesta batalha sem fim?
É difícil, muito difícil...

Belo conto Davi.

Sani Hadek disse...

Oi David. Encontrei seu site atraves de um livro e gostei muito dos seus textos. Gostaria de estar republicando-os no meu site, com os devidos creditos e links, entre em contato comigo, por favor. Abracos,
Sani